sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Fim dos dias do vilão


Engana-se quem pensa que, algum dia, ele arrependeu-se.
Morreu sorrindo aquele cínico; Sabia que a mídia, a seu serviço, na terra ou no inferno, o transformaria em herói.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Tocando



Às vezes, ao tocar outro, sente-se o barro. Dispensamos a mão e tocamos o pulso, como se tocássemos o coração. Sentimos a fogueira da alma e então, ouvimos a canção do outro. A ode que o Oleiro recitou ao nos dar forma, colocando um abismo em cada um, preenchido por um salto com amor. E de repente, no caos da própria voz, cantando desejos, você lembra de um olhar e sorri, ao perceber que o momento acontecera antes mesmo do que pensou.

E em algum lugar, olhando os dois, o Oleiro sorri também.


Joakim Antonio




Imagem: Final-Touch by ZaGHaMi

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Quem?


quem vai nos proteger de nossos anjos protetores

quando quisermos viver

e eles vierem nos poupar as dores?

terça-feira, 12 de julho de 2016

Entre amigas


O sorriso de hiena desfez-se. Embrenhou-se pelos cantos da parede, como se andasse pelo rodapé. Curvou-se para olhar pela quina da porta, confirmou que a outra se afastava e, então, disse:
- Eu não falei? Essa vagabunda, falsa, nunca me enganou.

 

segunda-feira, 11 de julho de 2016

DNA



Desenhado por fótons, capturado por elétrons.
Nosso código biológico, capturado por artefato tecnológico.
Aldeia dos ancestrais, capturados e massacrados, mas ainda vivos.


Joakim Antonio


Imagem: Renato Soares
https://www.facebook.com/renato.soares

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Otimismo do momento


...pois é,
mas depois piora
o negócio
é curtir agora.

_________________

dos EcosDiversos

domingo, 12 de junho de 2016

Mulher bomba


Por dentro, explodia um não. Mas o único som que se ouviu foi o daquela voz, suave e sofrida:
- Aceito.
E prosseguiram com a cerimônia.

sábado, 11 de junho de 2016

La cocinera



E quando me vi, do modo que me viam, desacreditei. Seria tão linda eu? Então um menino que passava correndo, parou nos olhando e disse, como se adivinhasse meu pensamento, "Que legal, ficou quase tão bonito como a senhora!".

Joakim Antonio


Imagem: Doña Petra Gallardo Galeana, La Pilinca, a la edad de 88 años.

terça-feira, 17 de maio de 2016

Sade em Paris





Na festa do palácio, pessoas são apresentadas entre valsas e polcas.
— Esta é Justine — informa o anfitrião, ao amigo.
 — Encantada, senhor.
— Muito prazer, senhora. Muito prazer. — responde o Marquês de Sade.




Crédito da foto: https://pt.wikipedia.org/wiki/Baile

sexta-feira, 13 de maio de 2016

a temer , o que?

a temer , o que?

a temer, o ovo da serpente:

a temer, a própria traição
a temer, o desprezo dos traídos 
a temer, o desprezo dos que compram traidores
a temer, não a morte, que a terra é leve
a temer, não a terra, que é leve e fértil
a temer, a lama.

a temer, nada,  senão o próprio medo.
nada a temer, senão o próprio medo.
a temer, o medo. 
muito medo a temer.


_______________________
Publicado originalmente aqui.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Naturalmente, carnívoros


Como todo dia, na pia, o ritual pós-sacrifício acontecia: limpar as peles, cortar em filés, tiras ou cubos, temperar e cozinhar. Naquele dia em especial, na tábua de madeira, jazia uma galinha caipira, com o pescoço torcido e ainda mantendo algumas penas.
O garoto, curioso, aproximou-se da cozinha e observou, com um pouco de nojo, a mãe manuseando aquele bicho. Ela arrancando penas, cortando a cabeça e tirando as peles. Quando reparou que o garoto estava ali, ele aproveitou para perguntar:
- Mãe, o que é isso?
- Franguinho, filho!
- Então... É isso que é franguinho?

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Intercalado


Primeiro gritaram entre eles
Mas não liguei pra isso
Eu não era político

Depois bradaram Jesus em vão
Mas não liguei pra isso
Eu também não era cristão

Depois exaltaram a ditadura
Mas não liguei pra isso
Porque eu não sigo mitos

Depois cuspiram-se na cara
Mas como é coisa de gay
Também não liguei

Agora parei de olhar pro meu umbigo
Mas já é tarde
Como eu não liguei pra porra de nada
Ninguém se importa com minhas palavras

Joakim Antonio


(adaptação do poema, INTERTEXTO, atribuído a Bertolt Brecht)


Imagem: Break the silence by Shutterbug13

segunda-feira, 18 de abril de 2016

A Democracia é tão utópica quanto o Comunismo
a deflagração do golpe hoje é fato constituído
a luta continua, fascistas não permanecerão

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Tempo na pele


estas ruguinhas
injustiçadas
quero-as todas!
são pegadas de sorrisos
ao redor dos olhos

______________________________________
* publicado originalmente nos minimínimos.