quinta-feira, 11 de julho de 2019

Sutilmente



Sutilmente, a ortografia nos ensina. 

Se é Bem-vindo, dão-se as mãos.

Joakim Antonio


Photo by Cythonn Photography

terça-feira, 11 de junho de 2019

Dona moça

Naquela garota
Naquele caminho

Dona moça

Na palavra boca
há linda cigana

Dona moça

No corpo de todas
há trevo de letras

Dona moça

Do tom das suas forças
ao som dos seus lábios

Dona moça


Joakim Antonio


Photo by Rodolfo Clix
Instagram @rodolfo.clix

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Empatia




Parceria entre eu e minha prima, a tatuadora Carmelina Ferreira, dona do Studio Carmel Ink em Varginha (MG).

sábado, 11 de maio de 2019

Ascendo

Acendo um incenso
relembro ancestrais
ascendo caminhos
repletos de paz

Acendo um incenso
aos novos amigos
ascendo esferas
há pouco invisíveis

Acendo um incenso
e sopro a fumaça
ascendo a alma
além da casa

Acendo um incenso
ao meu ofício
ascendo ao verbo
então poetizo


Joakim Antonio


Imagem: Incenso by JoaKim

Instagram@poetajoakimantonio

terça-feira, 16 de abril de 2019

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Sacro


O dia que verdadeiramente encontrarmos Deus, cessará o apontar de dedos. Não há divisão do sagrado. Tudo é divino. Nem saberemos mais, se estamos entrando ou saindo.


Joakim Antonio


Photo: Martin Lopez

segunda-feira, 11 de março de 2019

Mestres


Quando você é um aprendiz, o mestre está lá para lhe ensinar.

Quando você é experiente, o mestre está lá para lhe aperfeiçoar.

Quando você já sabe tudo, o mestre está lá para lhe mostrar, o que já não serve mais.

Joakim Antonio


(preste atenção, cada um é um mestre)


Photo: Monk talks by Marcel K.
"Marutsero" in Deviantart

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Palavra curva



Aceita-se muito a palavra reta, o pênis ereto do ditador, mas nega-se veementemente a palavra curva, a mão sedutora da mulher, que toca o outro e ainda abarca o mundo.

Joakim Antonio

domingo, 13 de janeiro de 2019

Distraído


de tão distraído,
só percebi na volta
que não tinha ido.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Constatação


poema brisa 
poesia furacão 
poema talvez 
poesia constatação 
poema está 
poesia é

Joakim Antonio

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

A Sabedoria Suprema

Há uma lenda (que não sei se é legítima como tal, ou invenção de algum sujeito muito cínico-irônico) que diz o seguinte (a história parece ser de domínio público, essa versão é minha):

Houve, em algum momento da história humana, um grande mestre, muito sábio. Ao ser questionado, em público, sobre qual seria o segredo principal para a felicidade em nossa vida social, ele respondeu, calmamente:
"O segredo principal da felicidade é agir com sabedoria em nossas relações com as outras pessoas."
Isso, claro, não respondia nada e a pergunta seguinte era inevitável:
"E o que é agir com sabedoria em nossas relações com as outras pessoas?"
Sua resposta, dita lentamente, em tom calmo e com um sorriso, foi:
"Agir com sabedoria em nossas relações com as outras pessoas consiste em uma única regra, muito simples: 'Nunca entrar em discussão com idiotas'"
Isso gerou um burburinho entre os presentes, até que um pediu a palavra e disse:
"Não é possível que essa seja a regra principal para agir com sabedoria nossas relações com as outras pessoas!"
Ao que o mestre respondeu, sorrindo:
"Está certo, você tem toda a razão."

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Alada

Ontem eu tive um sonho. Você voava pela primeira vez. E me xingava, sorrindo em meio às lágrimas. Com medo de cair, você se entregou em meus braços, mas sem o mínimo remorso, eu lhe soltei.

Joakim Antonio

(abrir as asas é um renascer)

domingo, 11 de novembro de 2018

Criando

Tempo
senhor dos momentos
tem por mote certo
memórias
Brinca
sem pensar nada
no mar aberto
dele
No mais
menos lhe importa
quais as estações
suas
Tempo
senhor das memórias
tem por vocação
criá-las

Joakim Antonio

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Blue Moon VII



"Não havia dúvidas, ela veio pra uma aviso. Não importava se o céu não era breu, nem o brilho das estrelas ficarem em segundo plano. Não importava nem se era no céu cinza da cidade de pedra. Ela vinha trazendo anil pra colorir tudo a sua volta."

E como você sabia que era pra uma aviso, Mãe?

Ela veio tão brilhante, que só víamos uma Estrela D'alva!

E o que mudou, mãezinha!

A alma da gente, filha. A alma da gente...

Joakim Antonio

Lua em São Paulo, por Judith Muniz


Blue moon, foi um exercício poético, feito a partir de um pedido de fotos da Lua, no facebook, do local onde meus amigos estivessem. Para cada foto recebida fiz um texto, em poema ou prosa poética, no mesmo momento em que recebia a foto. No total, foram sete fotos recebidas.