quarta-feira, 23 de maio de 2012

Fim


foto: Oshrit182


Não! entenda
tudo o que tenta é em vão
é tempo perdido, mais que um pedido
é um corte profundo,
o fim desse mundo.
Depois de tudo (des)feito,
se contigo me deito,
é como abraçar o inimigo,
recostar em teu peito,
regozijar-me em teu leito,
não posso comigo
nem quero esse jeito antigo
de fazer valer o amor perdido.

Um comentário:

Aline Nardi disse...

Como sempre, segue tua delicadeza certeira.
Beijo.