domingo, 7 de agosto de 2011

Rio do Tempo


Sinuosidade a correr
Caudaloso, intenso.
Vertente margeia
Intensidade perene.
Rio grande, rio do tempo,
Temperamental desafio;
Transbordante
Avançando no eito,
Transpondo margem
E leito
Feito onda de mar.
Enchente
Enxurrada
Rio invasivo
Evasivo
Rompendo divisas
Correndo, correndo
Escorrendo
Dos montes
Alastrando em meus olhos
Irrompendo no peito
Vazante que jorra
Intempestivamente
E chora
Rio-abaixo,
À beira, à margem
Da vida que vagueia
Rio intenso,
Rio vivo
Rio lento
Serpenteante
Rio do tempo.

Um comentário:

Leandro Menezes Lopes disse...

Gostei deste! Ficou bom mesmo.