quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Inoculado - Flá Perez

Sou meteora, gigantesca,
arrasadora

e ao mesmo tempo
a molécula mais rara
encontrada neste século.

Deixei extraterrestres em seu solo.

E essa rocha cética,
ainda que por fora
pareça estar intacta
já tem a marca venérea
desse impacto.

Multiplica-se
e devagar se espalha,
recombinado em qualquer rima,

pra cair depois na sua veia,
o vírus sulferino
da obra-prima.

3 comentários:

Allan Vidigal disse...

Gosto desse!

liz disse...

mto bom, Flá!

adorei "meteora".

FláPerez (BláBlá) disse...

Oba! a Liz veio ler meu texto!