sábado, 5 de abril de 2008

Pagamento do dia

vista cansada
sombras dormidas
em assombrada
casa.

e uma dor
paga

à vista.

André Espínola

2 comentários:

Túlio Henrique Pereira disse...

è simplesmente adorável. Dificilmente encontro textos tão exatos e com poesia. Parabéns!!

Glauber Vieira disse...

Bom texto, instigante: permite várias interpretações...