sábado, 30 de janeiro de 2010

PINGUÇU

*
(no boteco Terra)
uma dose de cachaça
para nosso máximo esforço

outra dose de cachaça
para esse mínimo salário

outra dose de cachaça
para debochar dessa desgraça

e torresmo batata e lingüiça
para tirar o gosto de suor
e sangue da língua

e outra dose de cachaça
para tirar o cansaço da cara

e outra dose de cachaça
porque mesmo assim viver tem graça

e outra dose de cachaça
porque a tristeza vem e não me abala

e outra dose de cachaça
pois a esperança vem e me embala

e outra dose de cachaça
para nossa força que não se acaba

e outra dose de cachaça
para a amizade que aqui não é falsa

e outra dose de cachaça
porque aqui não há distancia,aqui se abraça

e outra dose de cachaça
porque mesmo na batalha damos risada

e outra dose de cachaça
para essa risada que é escudo e espada

& de saidêra
uma dose de paz e solidariedade
p’ra ‘quele que o outro mata
o chame para compartilhar
uma garrafa de cachaça .

MG

4 comentários:

Mineiro Mateus Juzé disse...

03;11 tomei umas garrafa a mais ,mas deu tempo.Tá maassa FORÇA.

Luiz Octavio disse...

...mas uma dose aqui pro meu amigo por fueroO !?!

penanegra disse...

c deve ter bebido bastante...
é cachaça pra mais de metro!
=D

Joakim Antonio disse...

E uma dose pro santo!

Minha mãe também adorou!

Ótimo!