quarta-feira, 3 de outubro de 2007

A amada e o mosquito



Torna-se o ciclo das coisas...
Para minha deusa, dei meu vitae
Fez dele seu gosto e me matou,
Eu fui esmagado...
Depois um mosquito veio por um pouco de mim,
Incomodar-me e mostrar que ainda tenho vida
E eu o esmaguei...

Augusto Sapienza

3 comentários:

Ela disse...

É bem assim!
Mas precisávamos quebrar este círculo.

Bacana!

Larissa Marques disse...

Já havia lido e elogiado em algum lugar.
Lindo...

Larissa Marques disse...

Por favor retire o perfil da Lunna ela já não faz parte do elenco. Depois apague o recado, beijo!