sábado, 13 de outubro de 2007

Estou saindo do Manufatura

Por motivos éticos saio do Manufatura, mas não sem antes agradecer o espaço que me foi concedido esse tempo todo, nesse blog que considero um dos mais bem organizados do Orkut. Agradeço à mentora e principalmente aos colegas, que sempre me prestigiaram com seus comentários construtivos e sensatos.
A partir de hoje o dia 13 está a disposição.
Meu muito obrigado,

Beijos

Culpa

Cheguei cansada.
Colhi as flores
Murchas, coitadas,
Descoloridas, empoeiradas,
Pareciam mortas...
Reguei as flores,
Como sangue em carne viva,
Dilaceradas, de pétalas escorridas
No ralo da pia.
Não ressucitaram.

Agora vão me culpar por todas as queimadas da vida.

Me Morte

Um comentário:

alexandre disse...

Boa sorte em seu caminho!