domingo, 30 de novembro de 2008

Má-fé

Era um povo muito supersticioso. Em meio a outras crenças, acreditavam que cruzar os dedos trazia sorte.

Acreditavam tanto, mas tanto, que cruzaram não só os dedos, mas também os braços, e ficaram esperando.

11 comentários:

fred disse...

Mas não é que é mesmo.
Ótimo.

Barone disse...

Gostei.

Felipe da Costa Marques disse...

olá,

"se todos ficarem de braços cruzados, ninguém estará com o poder"

té.

Rosa Cardoso disse...

Achei ótimo.

Glauber Vieira disse...

Muito bom, atualíssimo.

Larissa Marques disse...

Domit, sê bem vindo!
Bela estréia!

L. Rafael Nolli disse...

Domit, começou com tudo! Muito bom mesmo!

Dom disse...

valeu, pessoal

que bom que gostaram


será um prazer lê-los e conhecê-los

Flávio Otávio Ferreira disse...

Belo trabalho!
uma crítica verdadeira e sempre atual!
Seja bem vindo!
Abraço.

Barbara Leite disse...

Boa!

mariagomes disse...

muito muito bom!

maria