quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Colos

EU QUERO 

Quero o seu sorriso
preciso

Quero além de amante
ombro amigo

Quando eu virar criança
fitando teus olhos
quero muito
colo

E ao olhar de novo
protegido

Aninhado e me sentindo
um menino

Sentir um novo sopro
vindo de você
me fazendo
crescer

Ser o seu homem
abrigo

Salvaguardá-la  de todo mal
dos perigos

Ser seu cavaleiro andante
envolvê-la nessa hora
meus braços
agora

NINAR VOCÊ 

Joakim Antonio

2 comentários:

Helinha disse...

Querido...

E assim fica perfeito!!

Ser, além de amante, amigo! Poder virar criança, desejar coloe fitar os olhos de quem se ama...

Depois do amor, poder deitar no peito do homem amado, aconchegar-se em seus braços, ser ninada por ele... hummm... é bom demais!!

Adoro tudo que você escreve!!

Tudo que vem de você é lindo, lindo...

Beijos com carinho!!

^^

Renata Fagundes disse...

Fácil falar da sensualidade do amante e da doçura do menino.

Mas é impossível tecer em palavras essa troca - ser colo e braços que protegem ao mesmo tempo que precisa de proteção.

Viver esse cuidado é um privilégio de poucos.
Somos privilegiados.

Amém

Sucesso Preto

Amo Você