sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Oh bandeira brasileira!
Ainda te amarro na cabeça
E saio fazendo besteira!

8 comentários:

valvesta disse...

Bom dia amigo,
acredite tem muita gente a fazer isso: besteiras com o Brasil!

penanegra disse...

hehehehehe
Show de bola!
mtas interpretações!

Paco * disse...

ô minha gente!

mas que mente negativa!

estou falando de besteiras poéticas, e tão menos políticas....

pular de roupa no mar em Copacabana, fazer folia de Carnaval, pisar nas poças de chuva e cantarolar.....

essa é a interpretação da AUTORA!

heeheh eu sou mulher, Paco é a abreviação do meu nome!

eita

Cássio Amaral disse...

Larissa,

Quero participar do Manufatura se possível, quero postar todo dia 26, se puder.

Como posso proceder?

Um forte e grande abraço de luz.

Cássio Amaral.
MUITO OBRIGADO.

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Carnaval seria exemplo disso... de bandeira a bandanda... :) Belo 'haicai'... Seguindo...

L. Rafael Nolli disse...

Gostei das várias interpretações que surgiram - bom poema, possibilitando leituras e mais leituras. Bjs

Graça Carpes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Graça Carpes disse...

Isso é uma declaração de amor!!
:)