quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Pequena Reflexão

De avião corria o risco de não chegar ao destino; de ônibus o problema eram os assaltos e, de carro, temia pelas crateras nas rodovias.
Resolveu então abrir um livro. Definitivamente, a melhor viagem era aquela para dentro de si mesmo.

13 comentários:

Leandro Jardim disse...

Hehe, bacana! Pensamento bem coerente aos dias presentes!

abs
Jardineiro

alexandre disse...

101% Perfeito!

emerson disse...

Casa grande, cheia de gente! Gostei de conhecer. Passa lá no meu.

Me Morte disse...

Realmente,não tem viagem melhor que essa. Beijos

*Caroline Schneider* disse...

Adorei! O único risco é ficarmos tristes quando o livro termina... risos! Sempre me dá um fiozinho de tristeza quando isso ocorre! Mas logo temos um universo de outros para irmos em busca de novas viagens! Beijocas estaladas!

Glauber Vieira disse...

A literatura é realmente uma viagem maravilhosa, e sempre segura! Valeus pelo apoio.

Deveras disse...

Mutcho loco, cara !

Concordo que este é o tipo de viagem mais louca que existe. então abramos mais livros e viajemos mais!

ficanapaz!

Klotz disse...

Nada como aplicar literatura direto na veia. Isso é que é viagem.
Valeu Glauber.

Marco Ermida Martire disse...

Boa, Glauber! Ler é a maior viagem...

l. rafael nolli disse...

Glauber, em tempos duros como esse, onde o lúdico, o imaginário, está sendo expulso para dar lugar a uma realidade concreto, carrancuda, absurdamente objetiva, nada melhor que ir contra a maré e mergulhar na leitura. Nesses sombrios dias em que os caminhos estão aos frangalhos, e o risco é nítido, está nos jornais, nos outdoors, na cara das pessoas, nada melhor e mais seguro - e mais edificante - do que se entregar a leitura!

Glauber Vieira disse...

Obrigado a todos pelas observações. E finalmente cheguei aos 10 comentários!

Larissa Marques disse...

Wow, ao décimo seguno agora, pequeno texto, grande reflexão. Adoro sua escrita.
PS.: vou precisar de ajuda para montar o bagaceira, pode me ajudar?

Marla de Queiroz disse...

Sabe que eu fiz essa viagem pra dentro de mim mesma e nunca mais consegui voltar à superfície?
Esse caminho tem volta?

Muito bom, teu texto.